Quanto custa viajar para Gramado, RS?

Quanto custa viajar para Gramado, RS?

Quanto custa viajar para Gramado, RS?

Visitar uma cidade incrível e ter as melhores férias da sua vida: se você busca exatamente isso, chegou ao lugar certo! A cidade de Gramado, localizada a pouco mais de 100 km de distância de Porto Alegre, capital do Estado do Rio Grande do Sul, é sem dúvidas um dos melhores destinos para férias de temporada no Brasil. No verão, enquanto as praias estão bombando, a cidade fica um pouco mais tranquila e ideal para os que gostam de passar férias em lugares tranquilos e economizar um pouco com isso, enquanto no inverno a cidade se torna um dos destinos mais procurados em todo o país, já que oferece atrações turísticas incríveis e temperaturas de tirar o fôlego e, consequentemente, o custo da viagem sobe consideravelmente. Confira agora quanto custa viajar para Gramado, RS!

Confira uma lista de casas e apartamentos para aluguel de temporada durante todo o ano em Gramado

3 experiências colonais para você viver em Gramado

Afinal, quanto custa viajar para Gramado?

Você deve imaginar que viajar para a cidade de Gramado não está entre os roteiros mais baratos, né? Por isso, é importante preparar o bolso se você quiser aproveitar o que de melhor a cidade oferece. Pesquise bastante também, já que o preço de aluguéis de temporada para a cidade de Gramado pode variar bastante. Por isso, confira aqui as mais baratas casas e apartamentos para aluguel de temporada durante todo o ano em Gramado!

Toda viagem começa pelo planejamento, e parte fundamental disso diz respeito ao transporte que você escolherá para viajar para a cidade. Abaixo explicamos passo a passo como chegar a cidade de Gramado, e tudo vai depender do quanto você pretende investir.

Como chegar a Gramado

Avião + carro ou ônibus

Para quem viaja de estados mais distantes, optar por ir de avião até Porto Alegre pode ser a melhor opção, proporcionando conforto e rapidez para sua viagem. Depois, com apenas 1h de viagem de carro ou ônibus você já estará em Gramado, sendo essa a combinação mais comum para quem pretende conhecer a cidade vindo de longe. Há também a possibilidade de viajar até Caxias do Sul, sendo o aeroporto da cidade o mais próximo de Gramado, mas esse possui menor oferta de número de voos. Para sair do aeroporto de Caixas ou Porto Alegre, você pode optar por contratar um serviço de transfer até Gramado ou até mesmo alugar um carro. A opção mais barata é sem dúvidas ir de ônibus, mas isso também pode variar de acordo com o número de pessoas que farão a viagem, e ter um pouco mais de conforto pode fazer total diferença. 

Aeroporto Internacional de Porto Alegre – Wikipédia, a enciclopédia livre

Viajar para Gramado de ônibus

A Rodoviária Municipal de Gramado fica num ponto central da cidade e recebe ônibus de Porto Alegre e Caxias do Sul em vários horários do dia. Também chegam ônibus de cidades como São Paulo, Curitiba e Santa Catarina. Para o trajeto Porto Alegre - Gramado/Canela, a principal linha é a da Citral. Não se esqueça de que o fluxo de turistas é maior em períodos de alta temporada e vésperas de feriado, portanto não deixe para comprar sua passagem de última hora ou provavelmente não encontrará nenhuma opção.

Como chegar em Gramado - Viver Gramado

Como ir de carro de Porto Alegre para Gramado

A depender da sua cidade de origem, são várias as opções para chegar a Gramado de carro. Saindo de Caxias do Sul, use a RS-235. Há dois pedágios no trecho até a cidade serrana. Partindo de Porto Alegre, as opções principais são a Via Gravataí e Taquara: Você passa pela BR-101, depois pela RS-020 até Taquara e segue pela RS-115 até Gramado. Saindo de Novo Hamburgo, principal rota entre Porto Alegre e Gramado, saia da capital pela BR-290 e tome a BR-116, que segue até Novo Hamburgo. Em frente, você deve pegar a RS-239 e daí, para Gramado, pegue a RS-115. Essa opção é mais utilizada entre os turistas que chegam ao aeroporto e vão para Gramado. Considerando que em Porto Alegre a concorrência de locadoras é maior, escolha alugar um veículo já na capital. Você pode alugar um carro em Gramado e Canela apenas para passear por lá, mas as restrições serão maiores e a disponibilidade de carros sem reserva, menor.

Como ir de Porto Alegre a Gramado

Quanto custa viajar para Gramado: os melhores passeios

Se você já decidiu que a próxima viagem vai ser para a cidade de Gramado, é preciso se preparar para aproveitar ao máximo o que a cidade oferece. Alguns dos passeios são gratuitos e feitos a céu aberto, mas para realizar grande parte deles é necessário pagar uma taxa de entrada. Abaixo você vê uma lista com alguns dos melhores passeios de Gramado e o valor estimado para aproveitá-los durante suas férias na cidade!

Lago Negro em Gramado - entrada gratuita

Andar de pedalinho nas águas do Lago Negro é um dos programas mais clássicos e procurados na cidade de Gramado! O Lago Negro é um lugar tranquilo e pequeno, mas muito gostoso para uma caminhada ao ar livre ou para descansar com toda a família. O local foi construído artificialmente após um incêndio e, segundo a história, um morador da cidade teria trazido árvores da Alemanha para decorar a margem do lago. O lago tem águas bem escuras e em alguns momentos reflete os pinheiros e as hortênsias ao seu redor. Caso visite Gramado do final de novembro a meados de janeiro, prepare-se para se surpreender com os arbustos de hortênsia nas proximidades do Lago Negro, a quantidade de flores é incrível e o cenário é encantador! Às margens do lago, há um restaurante e um posto para aluguel de pedalinhos, que também é um passeio muito agradável.

Lago Negro – Dicas Serra Gaúcha

Mini Mundo em Gramado - cerca de R$ 50 por pessoa

Uma espécie de museu a céu aberto, o Mini Mundo possui diversas réplicas de construções de todo o mundo. Interessante não só para crianças, como para adultos também, esse parque se iniciou como uma maneira de relembrar a terra natal e oferecer diversão à família Hoppner, que iniciou o projeto que hoje em dia é uma das atrações mais populares de Gramado. As réplicas de construções famosas no Brasil e ao redor do mundo são 24 vezes menores que as construções reais e impressionam a todos pela perfeição de detalhes. Por lá você encontra de tudo um pouco: representações de cidades, cenas do cotidiano, castelo, igreja, museu, navio, trens... o realismo das construções é realmente incrível. Todas as plantas das construções, por exemplo, são reais! Para a visita ficar ainda mais interessante, é bacana fazer o passeio guiado.

mini mundo - Jefferson de Almeida

Rua Coberta - circulação gratuita

A Rua Coberta, também conhecida como Rua Madre Verônica, é um dos principais pontos turísticos de Gramado e está localizada bem no centro da cidade. Ela tem uma cobertura translúcida e diversas plantas pendentes que dão um charme ainda maior ao lugar. Essa rua reúne eventos locais, feiras, lojinhas, vários restaurantes e ainda é um refúgio dos turistas nos momentos de chuva. Na época do Natal, a região também recebe várias apresentações. Muita gente fica nessa região para aproveitar também a festa de fim de ano e ver os fogos. Ela é um ponto de encontro a qualquer hora do dia, e um lugar ideal para tomar um chocolate quente curtindo o friozinho da cidade.

Obra de instalação de rede elétrica subterrânea na Rua Coberta será  retomada na segunda - Gramado - Jornal de Gramado

Castelinho Caracol - cerca de R$ 15/pessoa

O Castelinho Caracol foi uma das primeiras residências de Canela, cidade vizinha a Gramado, e que atualmente funciona como museu de utensílios e móveis antigos utilizados na época áurea da casa. Talvez a maior atração do local, no entanto, fica por conta da casa de chá, que serve um apfelstrudel, uma tradicional sobremesa austríaca, que é considerado um dos melhores do Brasil. A residência tem uma arquitetura que relembra um pequeno castelo e foi construída com madeiras da região. Uma dica é deixar para conhecer o Castelinho quando estiver indo ou voltando do Parque do Caracol ou do Parque da Ferradura, já que ele fica no caminho.

O Castelinho Caracol em Canela - Um Pouquinho de Cada Lugar

Parque Estadual do Caracol - cerca de R$ 20/pessoa

O Parque Estadual do Caracol é onde fica a maior cachoeira do estado do Rio Grande do Sul, sendo um dos principais pontos turísticos de toda a região Sul do Brasil. A Cascata do Caracol, que é a maior atração do lugar, tem 131 metros de altura e está cercada por uma mata incrível e muito bem preservada. O passeio é de contemplação e é uma boa oportunidade para realizar uma atividade em meio à natureza, com ar puro e muitas árvores ao redor. Dentro do parque, você e sua família podem se deslumbrar com a vista do elevador panorâmico, conhecer seus mirantes ou descer uma escadaria de 927 degraus até a base da queda d'água. Caso queira descer a escadaria, opte por visitar o local em um dia sem chuvas para que o passeio não fique perigoso e lembre-se de que a subida pode ser bem cansativa, principalmente para quem não costuma realizar atividades físicas regularmente. No local também existem trilhas, que são mais recomendas para quem já está acostumado com a atividade.

Parque Estadual do Caracol - Eu Amo Gramado Oficial

Mundo de Chocolate - cerca de R$ 30/pessoa

A fábrica de chocolates Lugano oferece um museu com esculturas de chocolate em Gramado. O lugar tem réplicas em tamanho real de animais, esculturas de pontos turísticos e outros símbolos conhecidos mundialmente, sempre feitos com chocolate. O mais impressionante é que há réplicas enormes, sendo que entre as principais atrações do local estão as réplicas de chocolate do Cristo Redentor, a Esfinge e a Torre Eiffel, que tem 4,22 metros de altura, 880 kg de chocolate e demorou 110 horas para ser concluída. Além do passeio, você também pode ver funcionários preparando o chocolate e até experimentá-lo, se quiser, sendo essa a melhor parte do passeio!

Nécessaire na Mala: Mundo do Chocolate Lugano - Um Parque Temático todo  feito em Chocolate no Centro de Gramado

Snowland - cerca de R$ 180/pessoa

O Snowland é uma das mais incríveis atrações de Gramado. Trata-se de um parque de neve, que proporciona o sonho de todos os visitantes que vão até a cidade atrás de neve. Lá você realiza esse sonho em qualquer época do ano! O parque tem acesso pago e dentro dele estão disponíveis várias atividades, algumas delas com valor já incluído no tíquete inicial, outras pagas à parte. Entre as opções de entretenimento dentro do Snowland estão uma pista de patinação no gelo, simulador 3D e uma área conhecida como "Montanha de Neve", onde fica, de fato, uma montanha com neve artificial e onde se pode praticar esqui, snowboard fazer descidas com boias, passear nas motos de neve ou simplesmente curtir a sensação que o local proporciona. Para quem nunca praticou esportes na neve, também é possível fazer aulas com instrutores que explicam os movimentos básicos dos esportes — tanto o equipamento quanto as aulas são pagos separadamente. 

Tudo que você precisa saber o Snowland em Gramado/RS

A montanha de neve, que tem 15 metros de altura, é a área mais gelada do parque e como é preciso manter uma temperatura baixa para que a neve não derreta, o ambiente dessa área do parque costuma ter temperaturas próximas de zero ou até negativas. Por isso, a entrada do parque também inclui o uso de roupas propícias para o frio: macacão, luvas, botas de neve e capacetes. Ainda que o parque ofereça a roupa, recomendamos já ir agasalhado ao lugar. O Snowland é uma atração muito diferente, ideal tanto para adultos quanto para crianças e oferece uma oportunidade incrível de ver neve dentro do Brasil! É um espaço muito bem estruturado, com lojas e até lanchonetes, onde você pode passar 4, 5h sem se cansar. A crítica de muitas pessoas é com relação ao preço da atração, porque além de se pagar para entrar, algumas outras atividades custam ainda mais. 

Bondinhos Aéreos Parques da Serra - R$ 56 por adulto / R$ 28 idosos e crianças

Os Bondinhos Aéreos do Parque da Serra ficam instalados em uma descida em um parque vizinho ao Parque Estadual do Caracol, onde fica a cascata. Dos bondinhos, é possível observar uma vista linda da queda d'água, da mata exuberante ao seu redor e da região serrana. Os bondinhos de Canela são os primeiros desse tipo no Rio Grande do Sul. O passeio tem três estações de parada: a estação central, no ponto mais alto do passeio, onde fica uma área de alimentação; a estação animal, 130 metros abaixo da primeira, onde há um mirante e pequenas trilhas para andar pelo meio da mata; e, por fim, a estação cascata, que permite admirar a Cascata do Caracol por debaixo. É um passeio familiar e ideal para curtir uma das atrações mais populares da cidade de Gramado. 

BONDINHOS AÉREOS

Paróquia São Pedro - visitação gratuita

A Paróquia São Pedro, conhecida também como Igreja São Pedro, foi inaugurada no início da década de 1940, fica no centro da cidade e é a Matriz de Gramado. A torre da construção tem 46 metros de altura e grande parte de seu revestimento foi feito com pedras. De dentro da igreja é possível admirar mais de perto os vitrais sacros de seu altar. Embora seja uma igreja simples, ela conta com uma arquitetura muito bonita, além de ser parte muito importante da cidade. Na frente da igreja, está uma praça com estátuas em homenagem aos apóstolos e durante a noite ela costuma receber uma iluminação especial. Durante o Natal, principalmente, é um local que recebe muitos turistas. 

Igreja Matriz São Pedro - Eu Amo Gramado Oficial

Mirante Vale do Quilombo - visitação gratuita

Na Avenida das Hortênsias, caminho entre Gramado e Canela, está localizado o Mirante Vale do Quilombo, um ponto estratégico com mais de 800 metros de altura que permite uma bela vista panorâmica para o Vale do Quilombo e a região serrana do Rio Grande do Sul. Do lugar, é possível ver uma grande área de mata nativa, que fica ainda mais bonita nos dias de tempo aberto, porque assim dá para admirar toda a paisagem com mais perfeição. Nos dias de cerração, a neblina toma conta do lugar e dificulta a visão.

Hotel Laje de Pedra: tranquilidade e sofisticação em Canela - Trilhas e  Aventuras

Quanto custam os melhores restaurantes de Gramado?

A cidade de Gramado, juntamente com sua vizinha Canela, oferecem um vasto ambiente gastronômico para os visitantes. Nessas cidades você encontra restaurantes dos mais variados tipos, como os especializados em culinária brasileira, oriental, alemã, suíça, italiana e japonesa. Os valores para aproveitar um bom prato na cidade costumam ser altos, por isso é importante estar disposto a gastar um pouco mais para aproveitar o melhor da gastronomia de Gramado!


Cantina Pastasciutta, a melhor pasta genuinamente italiana em Gramado..

Alguns dos pratos mais comuns na cidade costumam ter preços que variam entre: 

Sequência de fondue para dois: entre R$ 100 e R$ 250

Sopa em um restaurante: entre R$ 20 e R$ 35 por pessoa

Sequência de comida japonesa: em torno de R$ 90 por pessoa

Prato executivo em um restaurante: entre R$ 35 e R$ 50 por pessoa

Prato principal em um restaurante: entre R$ 50 e R$ 100 por pessoa

Quer ver uma lista completa com os melhores restaurantes de Gramado? Clique aqui!

Gostou das dicas de quanto custa viajar para Gramado, RS? Compartilhe com seus amigos e familiares e planeje a viagem perfeita para a cidade! Encontre aqui as melhores casas e apartamentos para aluguel de temporada em Gramado, e comece agora suas próximas férias!

Anunciar Aluguel Temporada

Veja como é fácil anunciar


Carregando sugestões